Google cria ferramenta que explora Constituições de vários países

Agora ficou mais fácil conhecer as regras que regem cada país, graças a um projeto do Google. A empresa está por trás de uma página chamada "Constitute". Em parceria com a Comparative Constitutions Project, o site se dedica a comparar 160 documentos de diversos países.

A página examina 350 temas constitucionais divididos em tópicos, como deveres do cidadão e o papel do poder executivo. Com isso, fica fácil comparar estrutura de governo e até mesmo comparar culturas pelo serviço.

Como aponta um dos cofundadores, "se você quiser ver o que as contituições africanas dizem sobre o direitos femininos após 1945, é possível fazer isso em apenas alguns cliques". Todas os documentos estão em inglês.

De acordo com o Google, a meta do serviço é oferecer uma ferramenta melhor para a escrita de uma constituição. Este público tão específico, embora seja restrito, é bastante importante, visto que, como nota o Verge, Zimbábue, Somalia e Síria recentemente precisaram rever suas constituições.

A intenção é que o Constitute possa influenciar uma nova geração de documentos e dar aos cidadãos um maior senso de posse sobre a constituição, o que pode ser importante em um futuro próximo.

 





RECOMENDADO PARA VOCÊ