Governo pagou youtubers para elogiarem as mudanças do ensino médio

O Ministério da Educação (MEC) pagou youtubers para falarem bem das mudanças na grade curricular do ensino médio em vídeos de publicidade disfarçada, segundo informações do jornal Folha de São Paulo.

O canal “Você Sabia” recebeu R$ 65 mil pelo vídeo “Tudo que você precisa saber sobre o novo ensino médio”, que foi ao ar em outubro do ano passado e já teve mais de 1,6 milhão de visualizações.

Veja o vídeo

Os donos do canal, Lukas Marques e Daniel Molo, afirmam que costumam trabalhar com conteúdo patrocinado. "A gente já ia fazer um vídeo sobre o novo ensino médio. Como recebemos a proposta, decidimos aceitar", diz Molo.

Outro canal no YouTube que também recebeu para fazer um vídeo elogiando a reforma foi o “Pyong Lee”, que não confirmou valores. Apesar de em nenhum momento os vídeos informarem se tratar de um conteúdo pago, na descrição há a hashtag #publi, que indica ser um publieditorial – não se sabe se no momento da divulgação a hashtag já estava na descrição.

Veja o vídeo:

Em sua defesa, o MEC afirma que o pagamento foi realizado dentro da legalidade, por meio da agência escolhida por licitação, e que canais de influenciadores digitais complementam a estratégia de comunicação institucional. Os dois canais estão associados à produtora Digital Stars, que encomendou os vídeos.





RECOMENDADO PARA VOCÊ