Monitor de US$ 1.000 vendido pela Apple não funciona perto de roteadores

Ao anunciar os novos Macbooks, a Apple também revelou que não atualizaria o monitor Thunderbolt Display. Na ocasião, em vez de mostrar um novo painel, a empresa fechou parceria para promover um display da LG, o Ultrafine 5K Display, que a própria Apple vende em suas lojas oficiais pelo mundo, embora ainda não no Brasil.

O problema é que o monitor tem um defeito bastante desagradável: ele não funciona muito bem perto de roteadores. Mais especificamente, ele se torna inútil quando colocado em uma distância inferior a 2 metros de um roteador.

As ondas de rádio do roteador causam uma série de problemas por questão de interferência eletromagnética. O 9to5Mac observa que o monitor de 27 polegadas e resolução “5K” (5.120 x 2.880) começava a piscar, ser desconectado ou travar nessas situações.

O mais curioso é que a LG reconheceu o problema quando questionada pelo site, afirmando que o defeito é restrito ao modelo promovido pela Apple e não é encontrado em nenhum outro produto da empresa. A coreana nota que roteadores “podem afetar o desempenho do monitor”, e que usuários devem “posicionar o roteador a pelo menos 2 metros de distância”. De fato: ao mover o monitor para outro cômodo, o defeito cessou.

O problema não é incomum, e algumas avaliações no site de Apple apontam a mesma questão quando o monitor está perto de um ponto de acesso sem fio. A LG também não parece preocupada em corrigir o defeito de alguma forma, e provavelmente nem teria como, já que parece se tratar de uma questão de hardware que não poderia ser resolvida por um novo firmware.

Depois de entender o que acontecia com monitor, o 9to5Mac teve a curiosidade de consultar o manual do produto e, de fato, está lá a informação de que o display deve ser instalado em uma área “onde não aconteça interferência eletromagnética”, embora não cite diretamente que o roteador pode ser o causador da interferência.

Via 9to5Mac





RECOMENDADO PARA VOCÊ