Protótipo de guepardo robótico corre sem depender de cabos de energia

O MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) revelou nesta segunda-feira, 15, um novo projeto que deve assustar um pouco quem teme a evolução da robótica e da inteligência artificial. A universidade demonstrou um protótipo de um guepardo robótico capaz de correr sem depender de cabos para fornecimento de energia.

Isso significa que o animal eletrônico é capaz de correr livremente, já que utiliza somente energia interna. Desta forma, ele estaria apto para ser usado em missões externas.

O projeto, bancado pelo exército dos Estados Unidos, foi criado com o objetivo de busca e resgate no futuro. O novo protótipo é capaz de controlar a força de cada uma das patas ao sair do chão.

Atualmente, o guepardo robótico não é capaz de se comparar à velocidade do animal real. Por enquanto, o robô corre a apenas 16 km/h, mas já é capaz de saltar por cima de obstáculos de até 33 centímetros. A meta, porém, é que ele supere os 48 km/h, superando o recorde do atleta Usain Bolt, que corre a 44 km/h.

É importante observar também que este não é o primeiro felino robótico a correr livre de cabos. A Boston Dynamics, empresa adquirida recentemente pelo Google, já apresentou o WildCat, que também é capaz da proeza. Curiosamente, a empresa foi criada por ex-pesquisadores do MIT, também.

Via Gizmodo





RECOMENDADO PARA VOCÊ