Serviço comunica morte caso internauta suma da rede

Site verifica frequência de atualizações no Facebook e no Twitter para concluir se a pessoa está viva

Geralmente as últimas palavras de alguém estão em seu testamento, mas não é todo mundo que conta com isso, então um programador japonês levou essa função para o ambiente virtual através do site Proof of Life.

O que a página faz é analisar o comportamento digital dos usuários para saber se ainda estão vivos. Durante 30 dias ele observa a frequência de atualizações no Twitter e no Facebook e, se o internauta ficar inativo por 20 dias, o site envia um e-mail perguntando se ele ainda está entre nós.

Para incrementar a experiência, enquanto espera pela resposta o site exibe um relógio em contagem regressiva. Se a pessoa não se pronunciar em 30 dias, conclui-se pelo pior.

Neste caso, o Proof of Life (prova de vida, em inglês), envia um e-mail a contatos pré-selecionados da pessoa para dar a má notícia, junto com uma carta deixada pelo então falecido.

O site foi desenvolvido em 2012 por Takuya Kato durante uma das suas viagens diárias de trem e ainda precisa de ajustes, mas já tem cerca de 1 mil pessoas cadastradas.

Entre os problemas estão o fato de que não se pode trocar de e-mail, então se a pessoa perder a senha, enviará um alarme falso aos contatos. E não há um jeito fácil de pausar o serviço durante um período. Kato disse ao Wall Street Journal que também pretende adotar verificações pelas próprias redes sociais, por meio de mensagens.

Se interessou? Clique aqui para se cadastrar. 





RECOMENDADO PARA VOCÊ