Entenda as diferenças entre os tipos de redes

Links:
Conheça o novo wi-fi
Saiba melhorar o wi-fi

Vivemos em rede: trabalho, família, amigos... e, claro, nos comunicamos. Mas na tecnologia, rede é entendida por um conjunto de processadores que podem não só compartilhar recursos, mas também trocar informações entre si.

Resumindo, as redes de computadores permitem a troca de dados entre máquinas e também o compartilhamento de recursos de hardware e software. Basicamente, os tipos de rede são definidos a partir dos tipos de equipamentos que serão conectados e também da distância que eles se encontram um dos outros.

"Basicamente você tem uma LAN que é uma local area network, que nada mais que é os computadores próximos uns aos outros comunicando-se através de uma rede. Eles podem estar dentro de uma sala, de uma empresa, de um andar... Isso caracteriza uma LAN", diz Michel Chiavegatti, gerente de Redes da Impacta.

Quando a distância é um pouco maior, como por exemplo, entre cidades ou países, existe um outro tipo de rede chamado WAN – rede de longa distância.

"Ai você utiliza outros tipos de equipamento, outros tipos de formas de transmissão de dados. Então computadores e transmissões de longa distância caracterizam um tipo de rede WAN", conta Chiavegatti.

No outro extremo, estão as redes do tipo PAN; as redes de área pessoal. Estas são usadas para que diferentes dispositivos se comuniquem em uma distância bastante pequena. Um bom exemplo são as redes bluethooth, que têm alcance máximo de poucos metros.

Mas existem outros critérios que definem uma rede além dos equipamentos e da distância entre eles; por exemplo, o protocolo usado.

"Pra computadores ou dispositivos se comunicarem entre si é necessário que eles trabalhem com o mesmo protocolo. É como se fossem duas pessoas conversando e pra isso elas precisam falar o mesmo idioma", conta Chiavegatti. 

O desempenho e a segurança de cada rede dependem principalmente do tipo de protocolo usado. Na Internet, o protocolo usado é o velho TCP-IP; aliás, a web é um amplo sistema de comunicação que conecta muitas redes.

" Na verdade a internet é um conjunto de várias redes comunicando-se entre si. Essas redes são separadas e definidas pelo provedor de acesso quando eles disponibiliza endereços IP para usuários e empresas acessarem a rede", explica Chiavegatti.

Se ainda existe alguma dúvida, nosso sinal wi-fi também se configura como um tipo de rede: a WLAN, ou rede local sem fio. Existem redes sem fio de maior alcance também, mas estas estão mais sujeitas a interferências.

Bom, qualquer um pode decidir montar uma rede dentro de casa ou no escritório. Não é tarefa muito complicada; hoje os próprios sistemas operacionais dos computadores oferecem essa possibilidade de forma facilitada. Mas antes de tomar qualquer atitude é preciso definir duas coisas: o tipo e o objetivo da rede que deseja construir.

Primeira coisa que você tem que ver é se o seu equipamento é compatível com o que você quer utilizar. Ai sim você pode partir para configuração, compra de equipamentos, etc" , diz Chiavegatti.

No site você encontra duas cartilhas. A primeira é um passo a passo com instruções simples para configurar seu roteador e conectar sues computadores. A outra cartilha dá dicas de como melhorar o sinal do wi-fi na sua casa ou escritório. Aproveite também para conhecer o novo padrão de conexão que carinhosamente chamamos de “novo wi-fi”. Quer saber o que isso vai mudar na sua vida e na sua navegação pelo mundo virtual? Os links para essas cartilhas estão logo abaixo da janela desse vídeo. Acesse e confira!



RECOMENDADO PARA VOCÊ