Bitcoin continua em alta e já vale mais de US$ 1 mil; aprenda entrar no jogo

Criada em 2009 por um gênio da matemática, o grande diferencial do Bitcoin é que, além de ser uma moeda internacional, não existe um órgão que a regule. A moeda é desvinculada de qualquer ativo real e seu preço é determinado pela especulação em Bolsas de Valores virtuais. Ela flutua nas leis da oferta e demanda. E as transações feitas com Bitcoin são mais transparentes; todas são registradas e podem ser facilmente rastreadas.

No início do ano, a cotação do Bitcoin ultrapassou os mil dólares pela primeira vez em três anos; valorização foi de 125% em 2016. Para 2017, a expectativa é que a moeda digital dispare 165% e supere os dois mil dólares.

Praticamente de malas prontas para uma jornada de um ano nos Estados Unidos, o Jefferson – que sempre duvidou do Bitcoin – resolveu apostar pela primeira vez na moeda virtual e teve uma grande surpresa pouco mais de um mês depois.

A viagem está marcada para junho. No sul do Alabama, onde vai acompanhar a esposa em um intercâmbio, ele pretende usar o dinheiro que conseguir fazer em Bitcoins e converter para dólares para gastar durante a viagem.

Ou seja, você não precisa de muito para começar. Mas antes de acessar o site de uma corretora de bitcoins e comprar sua primeira fração da moeda, é preciso aprender o que fazer. E mesmo que a prática seja a melhor escola, existe uma infinidade de material interessante e educativo disponível na internet; principalmente vídeos no YouTube.

Igual ao mercado de ações, o usuário precisa acompanhar a flutuação do Bitcoin diariamente se quiser ter um bom controle do seu dinheiro virtual. Se a gente resumir bastante, a lógica é simples: você compra quando o Bitcoin estiver em baixa, valendo menos; e vende na alta, quanto estiver mais valorizado.

Pela expectativa do mercado e características da moeda virtual, tem gente que aposta no Bitcoin só como uma forma de guardar dinheiro.

O Jefferson está sempre de olho no smartphone e nos aplicativos que dão alerta sobre a cotação do Bitcoin. Ele não sonha em comprar uma Ferrari com o lucro da moeda virtual, mas ele já traçou um objetivo grande através da tecnologia.

Será? A gente confessa que depois dessa, até nossa equipe ficou mais interessada nessa história de Bitcoin. E você, já investe na moeda virtual? Tem mais dicas para o pessoal que pretende arriscar pela primeira vez? Cuidados? Vamos compartilhar conhecimento nos comentários e, como quem já faz parte desse time sabe, quanto mais gente usando a moeda, mais ela vai valer...e você pode fazer parte disso.



RECOMENDADO PARA VOCÊ